quarta-feira, 29 de maio de 2019

Crime desprezível na Capital

Extremamente revoltante o caso revelado, de uma mulher que foi estuprada estando desacordada e ainda teve sua imagem divulgada pelo próprio abusador, que filmou o crime e enviou a grupos de WhatsApp. 
É um fato desprezível que merece ser punido e não espalhado nas redes sociais. A Polícia Civil RS já alertou para a gravidade desse tipo de compartilhamento, que expõe a intimidade de uma pessoa que foi vítima, pedindo que o vídeo pare de circular. 
A Chefe de Polícia Nadine Farias Anflor comunicou que o caso é uma prioridade para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher. O homem já foi identificado e torço para que a investigação consiga ser ágil, o encontrando e o prendendo o mais rápido possível.

Polícia identifica homem que estuprou mulher desacordada e gravou vídeo em Porto Alegre

Nenhum comentário:

Postar um comentário