Projetos

sexta-feira, 29 de março de 2013

Revendo Torres


Daqui a alguns minutos estarei pegando a estrada rumo a Torres.
Escolhi passar o feriado de Páscoa no litoral.
Estou bem contente com isso. É que faz tempo que não retorno a minha praia.
Depois que iniciou o ano legislativo, no dia 31 de janeiro, minha agenda de vereadora esteve sempre cheia.
Me faz um grande bem apreciar o cenário de Torres, que é sempre belíssimo. Quero muito caminhar no calçadão, da Praia Grande até a Guarita. 
Desde já, um bom feriado a todos!




quinta-feira, 28 de março de 2013

Na semana


Participei do almoço com o prefeito Fortunati, no ‘Tá na Mesa' da Federasul, onde pudemos ouvir sobre as inovações e perspectivas do governo municipal. Segundo ele, Porto Alegre vive uma nova e promissora fase, conseguindo desenvolver um projeto iniciado em 2005, mas que se configura um novo governo. 
Foi muito bom, salão lotado e o prefeito aplaudidíssimo.
Entre muitos assuntos, deixou claro que não iria deixar a prefeitura para concorrer no pleito estadual, pois tem o compromisso de cumprir seu mandato na prefeitura de Poro Alegre.
A outra agenda que quero registrar foi o lançamento da revista Bá, comandada pela minha amiga jornalista Mariana Bertolucci, onde compareci com a minha filha Juliana e encontrei muitos amigos. 
O interesse da revista é atingir pessoas diferentes, mas sempre identificada com o jeito porto-alegrense e gaúcho.


O vereador Villela também foi prestigiar o prefeito Fortunati

O lançamento da revista foi no restaurante Puppi Baggio






quarta-feira, 27 de março de 2013

O futuro do IGP


Estive na sede do PP Estadual com representantes do Instituto Geral de Perícias que fizeram a entrega formal ao presidente Celso Bernardi de sugestões ao programa de governo do partido para a área da perícia criminal. 
Nas fotos, eu e Bernardi com Itamar Abrão Nedir, Trajano Bitencourt e Leandro Córdova, peritos que trabalham diariamente pela melhoria e valorização do IGP.













terça-feira, 26 de março de 2013

Leal a Porto Alegre



Conforme meu pai, Pedro Américo Leal, a escolha de uma cidade para morar é de extrema importância na vida da gente. 
Razões e sentimentos é que determinam essa escolha, que age de forma acentuada no nosso desenvolvimento pessoal e profissional. Foi assim, com sua sabedoria, que elegeu Porto Alegre para viver. 
De repente, numa manhã de inverno do ano de 1944, o militar carioca desembarcou de um avião da FAB e foi direto para o centro da capital, mais precisamente a Rua da Praia, bem em frente a joalheria Ibañez. 
Ali parado, ficou apreciando a rua, que na época era o centro comercial mais importante da cidade, com movimento intenso das casas de negócios e lojas abarrotadas de mercadorias; um entra e sai de fregueses, passantes que paravam para a boa conversa e famílias inteiras que faziam de uma ida a Rua da Praia o seu  programa de lazer. 
Pois foi nesse cenário de glamour europeu que ele flagrou com o olhar uma linda jovem, Carmem, a filha mais moça do joalheiro João Ibañez. Seus olhares se encontraram e o registro daquele instante selou com sentimento uma escolha que havia sido feita por razão do crescimento da carreira militar em que ele estava focado. 
Pedro Américo Leal aquerenciou-se no Rio Grande do Sul escolhendo Porto Alegre como cidade para viver e decidiu assim o futuro dos seus sete filhos. 
No dia do aniversário de Porto Alegre, eu quero dizer que sou feliz e grata pela escolha acertada do meu pai, que construiu fortes raízes com essa terra que passou a ser sua e que ele nos ensinou a amar e cuidar.


 
A Rua da Praia de ontem...

...e hoje





segunda-feira, 25 de março de 2013

A segurança da prevenção



Compartilho com todos, meu artigo “Prevenção é tudo”, que foi publicado hoje na sessão Opinião, página 04, do Jornal do Comércio.
Em 28 de janeiro, um dia após a tragédia da Boate Kiss, protocolei na Câmara Municipal projeto de lei pela proibição do uso de explosivos de qualquer espécie em espaços fechados no município de Porto Alegre.
Inúmeras iniciativas geradas após o acontecido em Santa Maria, foram feitas na Câmara, quando tivemos audiências públicas, sessões, programas na TV Câmara, vários debates  sobre o tema da prevenção de acidentes e da segurança da população.
A dimensão da tragédia em Santa Maria, com suas 241 mortes, nos mostrou o quanto a cultura brasileira de não se dar atenção à fiscalização, ao cumprimento de leis e prazos, do deixar como está, deixar para depois, do “ninguém vai saber”, "ninguém vai ver”, ninguém vai cobrar”, tem que acabar.










sábado, 23 de março de 2013

Comemoração merecida


Não há coisa melhor no mundo do que fazer exatamente o que se quer, como se quer e quando se quer.
O Alexandre passou seus 60 anos como mais gosta - comemorando com a família e viajando para seu lugar preferido. 
Na data do aniversario, em Porto Alegre, apagou as velas de um bolo levado pelas netas, Martina e Marcela. 
Dias depois, viajou para Maceió.
Ter a companhia das meninas e tirar uns dias nesse lugar de praias de mar transparente e temperatura ambiente, são duas coisas que o deixam muito feliz.
Comemoração merecida, afinal, não é todo dia que se faz 60 anos!


Com a Martina e Marcela, anfitriãs do aniversário

 Aniversariante gremista curtiu a decoração, e as
meninas também

Eu e o aniversariante no melhor restaurante peruano do Brasil:
o Wanchako, em Maceió

Uma das delícias do restaurante: camarão na concha com fogo!








sexta-feira, 22 de março de 2013

Bem vindos a bordo de um avião pilotado por uma mulher!


As mulheres hoje atuam em todas as áreas do mercado. Temos juízas, prefeitas, governadoras, presidente da república, motoristas de ônibus, pedreiras.
Já estamos acostumados que elas estão tomando conta do mercado e entrando em áreas antes nunca permitidas.
Mas, não deixou de ser surpreendente, ao adentrar num avião da companhia aérea Azul, escutar que a comandante Bethânia iria pilotar a aeronave. Que maravilha! 
Nós mulheres, já pilotamos a vida todos os dias e essa moça ainda foi além.
Eu e o Alexandre tivemos uma excelente viagem nas mãos dos comandantes Bethânia Porto e Fernando Hennemann.











Dia Mundial da Água – Valorizar a água é valorizar a vida




Assisti na televisão o depoimento de uma senhora de cabelos brancos, pele castigada pelo sol, jeito muito simples de falar, de sotaque característico do interior do nordeste, moradora de uma zona de seca permanente.
Ela mostrava ao repórter na sua propriedade, o poço onde havia encontrado um filete de água. Emocionada, contou que estivera prestes a abandonar a terra com sua família, já em processo de desagregação, em vista daquelas condições tão difíceis.
Aquele poço mudou sua vida, pois não tinha mais que caminhar quilômetros para conseguir um pouco de água para os seus e nem recorrer a proprietários de açudes particulares, que manipulavam o fornecimento.
Tendo água no seu terreno, mesmo que em pequena quantidade, ela poderia plantar e irrigar sua horta, reforçando a alimentação dos filhos e netos.
Essa é uma história de muitos brasileiros que faço questão de ressaltar sempre que tenho oportunidade, como exemplo que caracteriza muito bem o desempenho da nossa gente simples como primeira gestora dos recursos naturais e da sustentabilidade de seu entorno, sempre na busca de melhorias para sua família.



quinta-feira, 21 de março de 2013

Dia Internacional da Síndrome de Down


Em 2006, a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, por unanimidade, o projeto de lei de minha autoria que determina que cavalos abandonados ou apreendidos por maus-tratos de carroceiros, sejam doados a entidades que trabalham com Equoterapia - que aplica exercícios com cavalos para portadores de autismo, síndrome de Down, por exemplo. 
De volta à Câmara, estou acompanhando de perto os meus projetos já aprovados, os arquivados que podem ser resgatados e trabalhando para que eles sejam úteis e beneficiem a população.
Por isso, hoje, no Dia Internacional da Síndrome de Down, compartilho um material que divulga a
importância da Equoterapia, atividade para pessoas muito especiais.








quarta-feira, 20 de março de 2013

Registros do plenário


Na sessão plenária de segunda-feira, o Vereador João Carlos Nedel sentou ao meu lado para ouvirmos o pronunciamento do colega Guilherme Socias Villela, que é quem ocupa a cadeira junto da minha.
O vereador Villela, deu a todos uma aula de história sobre as mudanças urbanas que Porto Alegre já sofreu na busca por novas vias de acesso e prolongamentos de avenidas. Lembrou que a cidade que já viveu várias revoluções urbanas em função do crescimento da população e de necessidades que a mobilidade urbana apontou, novamente está nessa condição, através dos projetos implementados pela atual administração municipal.
Villela é meu fiel apoiador político e o vereador Nedel, líder do meu partido na Câmara, é grande incentivador das minhas ações como vice-líder.
É muito bom contar com esses parceiros no dia a dia do legislativo porto-alegrense.
A sessão foi intensa em assuntos diversos e muitas resoluções. A Tribuna Popular deu espaço para o Movimento Viva Gasômetro, que cobrou do Executivo municipal a implementação do Parque do Gasômetro seguindo o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental.
Os vereadores em primeiro mandato Any Ortiz e Marcelo Sgarbossa foram indicados e eleitos para a presidência e a vice-presidência, respectivamente, da Escola do Legislativo Julieta Battistioli.
E aprovamos por unanimidade o projeto de lei que institui, na Capital, o serviço Disque-Violência contra a Mulher, apresentado pelo vereador Professor Garcia. 
Eu, que tive o projeto do Disque-Pichação sugerido e acatado pelo Executivo, fiquei muito feliz que a sociedade terá um canal de comunicação que possa auxiliar para a melhoria da qualidade de vida das mulheres.

Fotos: Tonico Alvares - Imprensa/ CMPA










terça-feira, 19 de março de 2013

Atenção aos profissionais da segurança


Na agenda do dia, visita à sede Departamento de Criminalística do Instituto Geral de Perícias do Estado, o IGP, dentro de pauta sugerida por mim para os trabalhos da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana da Câmara, a Cedecondh.
Na linha de ações de prevenção, segurança e fiscalização que o município de Porto Alegre está tomando em diversos espaços e estabelecimentos, a comissão pretende acompanhar e estar a par de problemas relativos a isso e fazer valer sua voz representativa.
Interessou à comissão saber como estão trabalhando e em que condições, esse segmento tão importante para a totalidade da rede da segurança pública que são os peritos, os médicos legistas e tantos técnicos que são fundamentais para o desenvolvimento de trabalhos investigativos e conclusivos.
Me acompanharam na visita, as vereadoras Any Ortiz e Fernanda Melchionna, Presidente da Cedecondh.
Fotos: Francielle Caetano/ CMPA



Com as vereadoras Fernanda Melchiona, presidente da comissão, Any Ortiz
e Antônio Pedro da Luz Sigini, diretor-geral do Departamento de
Criminalística


Com as minhas colegas vereadoras verificando equipamentos...

...aparelhos...

...e eletricidade

                                              












segunda-feira, 18 de março de 2013

Batizado perfeito II



Continuando, posto as fotos da comemoração familiar, um belo almoço organizado pela minha filha Juliana, após o batizado.
Foi muito bom e as imagens mostram a alegria da família por mais um acontecimento,  este em torno da sua mais nova integrante, Catharina Markusons Marchiori.

Com Thomas, no colo da mamãe Aline, Catharina no colo do bisavô
Pedro Américo...

...e no colo da tia Jeanine, irmã do James, meu genro

Marcela e Martina curtindo as guloseimas...

...como o brigadeiro no copinho

Três filhos, três amores

Juliana com as cunhadas Eduarda e Fernanda

Alexandre, Marcelo e Fernanda

Meu pai entre os meus filhos Felipe e Marcelo

Algumas das mulheres Leal, que são muitas