Projetos

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

CPI sobre gestão Marchezan será instalada na quinta-feira


Constituição da Comissão Parlamentar de Inquérito foi assinada na manhã desta segunda-feira (30/9).
30/09/2019 17:09
TwitterFacebook


Presidente Mônica Leal assina constituição da CPI.
Presidente Mônica Leal assinou constituição da CPI(Foto: Leonardo Cardoso/CMPA)
A presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereadora Mônica Leal (PP), assinou, na manhã desta segunda-feira (30/9), a constituição de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que deverá investigar possíveis irregularidades na administração do prefeito Nelson Marchezan Júnior. A instalação dos trabalhos deverá ocorrer na quinta-feira (3/10), oportunidade em que, além da escolha de presidente, vice-presidente e relator, também deverá ser definido o calendário de trabalhos.
Conforme o Regimento da Câmara Municipal, 12 vereadores constituem uma CPI. Por indicação das bancadas, farão parte desta Comissão: Roberto Robaina (PSOL), Adeli Sell (PT), Luciano Marcantônio (PTB), Mauro Pinheiro (Rede), Cláudio Janta (SD), Professor Wambert (PROS), Felipe Camozzato (Novo), Márcio Bins Ely (PDT), Ricardo Gomes (PP), Reginaldo Pujol (DEM), Lourdes Sprenger (MDB) e Moisés Barboza (PSDB).
As possíveis irregularidades a serem analisadas pela CPI incluem questões ligadas à implementação do Banco de Talentos na contratação de funcionários para a prefeitura, ao aluguel do prédio onde está situada a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), e às relações do prefeito com Michel Costa, então diretor da Procempa no início do mandato de Marchezan Júnior. Os trabalhos da Comissão têm prazo de 120 dias, que culminam com a apresentação do relatório. É possível a prorrogação, mediante requerimento, por até 60 dias.

Parabéns aos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

Durante a sessão plenária desta segunda-feira, tivemos o período de Comunicações em Homenagem aos 50 anos da regulamentação das profissões de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional, proposto pelo vereador João Carlos Nedel.
Os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, de forma distinta mas complementar, atuam com o foco no que temos de mais precioso que é a nossa saúde, também voltado para a integridade física e o bem-estar, refletindo em qualidade de vida e melhores níveis de produtividade da população atendida.
Lembro que meu pai, Pedro Américo Leal, quando deputado estadual, trabalhou e apoiou a regulamentação da profissão no Estado.


Feliz 5780 a nossa comunidade judaica!


Registro os meus votos de um novo ano muito doce e de paz à  comunidade judaica gaúcha, com a qual tenho a alegria de conviver.
Que o ano de 5780 traga ainda mais prosperidade e união a todos os judeus, que preservam e se orgulham de forma admirável de sua origem, sua história, suas tradições e sua cultura.
O Rosh Hashaná dá início a um período de dez dias de penitência e oração que termina com o Yom Kipur.
São dias dedicados à renovação espiritual, de se pedir perdão pelos erros cometidos com seus semelhantes e festejar a expectativa pelo novo ciclo que inicia.
Shaná Tová Umetuká! Aos amigos, às famílias e às entidades representativas que atuam de forma tão comprometida pelas causas judaicas em Porto Alegre e no RS.

Fonte da imagem: Organização Sionista do RS



domingo, 29 de setembro de 2019

VIVA O PEDRO!

O aniversariante do dia é o meu neto Pedro, que está fazendo 3 anos.
Ele é um menino muito especial e tem como marca registrada o sorriso no rosto. 
É uma alegria na vida do Marcelo, da Fernanda, da mana Marcela e de toda a familia. 
Ele foi batizado com o nome do bisavô, Pedro Américo, e essa homenagem enche o meu coração de amor.






sábado, 28 de setembro de 2019

Comemorando a vida

Foi um sábado festivo e afetivo de dupla comemoração: o aniversário de 91 anos da minha mãe, Carmen, e de 26 anos da Carmen, minha sobrinha, filha da Martha, que ganhou o nome em homenagem à avó materna. 
Nos reunimos, a família e alguns amigos queridos, em um almoço maravilhoso, onde colocamos a conversa em dia e celebramos a vida.











quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Com a minha querida família do Rio

Estive no Rio de Janeiro para receber uma homenagem e aproveitei para ver a família do meu pai, que adoro. 
Almocei com meus primos e pude curtir a nossa estrela Tatila Krau, a grande cantora e forte candidata do The Voice Brasil. 
Foi maravilhoso!












Hoje tem mais Tatila Krau no The Voice Brasil!

Vamos continuar torcendo e votando muito nela! 
Veja como votar neste card exclusivo, que também registra o meu encontro com a Tatila no Rio esta semana. 💓💯🔝👊🍀


quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Câmara abre processo seletivo para estagiários

ATENÇÃO ESTUDANTES de ensino médio, de curso técnico em nível médio e de ensino superior. 
A Câmara Municipal de Porto Alegre abriu processo de seleção de estágio em diversas áreas. 
A Câmara é um espaço democrático que recebe os cidadãos porto-alegrenses para um contato direto com os vereadores, que são os agentes políticos mais próximos da população.
Os diferentes setores da Casa exercem a tarefa diária de manter e desenvolver a instituição, contribuindo para o seu pleno funcionamento e para O estreitamento das relações entre o Legislativo e a sociedade civil.
Estagiar na Câmara é, sem dúvida, uma grande oportunidade de aprendizado. 




ADMINISTRAÇÃO

Câmara abre processo seletivo para estagiários

As inscrições são gratuitas e se estendem até 10 de outubro
25/09/2019 10:37
TwitterFacebook




Concurso para estagiarios da Camara Municipal
Prova será realizada no dia 13 de outubro(Foto: Tonico Alvares/CMPA)
A Câmara Municipal de Porto Alegre abriu edital para o processo seletivo de estagiários para diversas áreas. As inscrições, abertas nesta terça-feira (24/9), são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo site www.superestagios.com.br até às 23h59min do dia 10 de outubro deste ano.
As vagas destinam-se a candidatos nas seguintes modalidades: estudantes de ensino médio; estudantes de curso técnico em nível médio nas áreas de eletrônica e informática; e estudantes de ensino superior cursando administração, arquitetura e urbanismo, arquivologia, biblioteconomia, direito, engenharia civil, história, jornalismo, jornalismo (fotografia), relações públicas e informática. Todos os inscritos devem estar devidamente matriculados nas instituições oficiais de ensino vigentes.
A prova será realizada no dia 13 de outubro de forma online e o resultado será homologado no dia 23 do mesmo mês. A avaliação conterá questões de Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico. Para se classificar, é necessário acertar um mínimo de 20% do total da prova (quatro questões de 20) e não zerar nenhuma área de conhecimento. O tempo total para a realização do exame é de 40 minutos.

Em caso de dúvidas, o candidato poderá entrar em contato com a Empresa Super Estágios, através do e-mail contato.rs@superestagios.com.br

25 de setembro - Dia Nacional do Trânsito


segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Resumo do dia - em busca de soluções para o IMESF


Compartilho matéria do site da Câmara Municipal sobre o dia de tratativas com os servidores do Instituto Municipal da Estratégia de Saúde da Família de Porto Alegre (Imesf), que foi finalizado com uma reunião na Presidência com parlamentares, representantes de entidades profissionais e sindicais e trabalhadores do Instituto.
Foi definido que o prefeito Nelson Marchezan Júnior será convidado à Câmara para prestar informações sobre o fechamento do Imesf, e a consequente demissão de seus 1.840 funcionários e a falta de atendimento à população porto-alegrense, e informei que solicitarei reunião com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber para tratar sobre o tema. 



SAÚDE

Câmara busca solução para atendimento à saúde básica na Capital

Prefeito Nelson Marchezan Júnior será convidado a prestar informações, na Câmara, sobre o fechamento do Imesf.
23/09/2019 18:07
A Câmara Municipal de Porto Alegre convidará o prefeito Nelson Marchezan Júnior para prestar informações sobre o fechamento do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) e a demissão de seus 1.840 funcionários. A decisão foi tomada durante reunião entre a presidente do Legislativo, vereadora Mônica Leal (PP), parlamentares, representantes de entidades profissionais e sindicais e trabalhadores do Imesf na tarde desta segunda-feira (23/9). Mônica também solicitará reunião com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber para tratar sobre o tema. 
No encontro, os vereadores receberam cópia do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) de 2007, onde a prefeitura compromete-se a não contratar profissionais para a área de atenção básica à saúde sem a realização de concurso público ou processo seletivo. A reunião ainda contou com a presença do médico e pesquisador da Ufrgs Alcides de Miranda, que pesquisa há 15 anos sobre gestão de saúde pública. “A saúde tem um caráter essencial de direito público”, afirmou, destacando que insistir na gestão através de instituição de direito privado pode ser questionado juridicamente e “será mais remendo como foi o Instituto de Cardiologia e o Instituto Sollus”.
Reunião extraordinária
Mais cedo, trabalhadores da saúde, usuários das Unidades de Saúde da Família, vereadores, deputados estaduais e federais lotaram o  Plenário Otávio Rocha durante reunião extraordinária da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara. O debate gerou dois encaminhamentos: a criação de um Grupo de Trabalho, formado por parlamentares, representantes dos servidores e entidades, para debater uma alternativa ao serviço prestado pelo Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf); e a sugestão de que sejam priorizados, no novo formato, os trabalhadores que já atuam no Imesf. Conforme o presidente da Cosmam, vereador André Carús (MDB), a ideia é criar “um ambiente de construção que preserve a dignidade dos trabalhadores e não deixe a população desassistida na atenção primária”.
As manifestações durante a reunião foram majoritariamente no sentido de não desassistir a população e assegurar a manutenção dos servidores do Imesf, todos aprovados em processo de seleção para ingresso no cargo. No início do debate, Mônica Leal destacou que o poder de decisão é do gestor municipal, mas que a Câmara  trabalha para buscar um entendimento. “Tenho certeza que a união de forças que sobrepõe siglas políticas vai encontrar uma solução para os servidores da saúde e a população porto-alegrense”, afirmou.
Falando em nome dos servidores do Imesf, Carlos Spilz destacou que os funcionários do Instituto estão distribuídos em 139 unidades de saúde da Capital e que sua retirada poderá desassistir a população. Ele apelou para que a prefeitura reveja seu posicionamento e ganhe tempo recorrendo junto ao STF até que seja pensada uma alternativa viável para a manutenção do serviço e a permanência dos trabalhadores. “Não tem muito sentido demitir os trabalhadores, contratar novos e demiti-los dentro de seis meses”, afirmou, em referência ao plano anunciado pelo Executivo Municipal. Spilz também chamou atenção para o fato de a prefeitura seguir fazendo concursos para o Imesf mesmo sabendo da iminência da decisão judicial. “Tem colegas que assumiram no Imesf há duas semanas e abandonaram seus empregos antigos apostando em uma nova carreira”, afirmou.
Maria Letícia Garcia, coordenadora do Conselho Municipal de Saúde (CMS), destacou que a entidade alertou o Executivo sobre a inconstitucionalidade da criação do Imesf. Conforme ela, em 2008 o CMS aprovou a criação da Estratégia de Saúde da Família em Porto Alegre como modelo da atenção básica, devendo o município criar as condições necessárias para sua implantação, bem como nomear servidores estatutários e com remuneração adequada para que os mesmos se fixassem nas localidades, evitando a rotatividade de profissionais. “Se as posições do Conselho fossem consideradas, não estaríamos passando por esta situação”, afirmou. Ela também apontou irregularidades e desvio de recurso público na intermediação da gestão de saúde, como ocorreu com o Instituto Sollus. “Hoje, vemos contratos que também têm irregularidades muito importantes e que não servem para a saúde de Porto Alegre”, afirmou.
Parcerias
Já o secretário adjunto da Saúde, Natan Katz, apresentou os princípios da gestão, com destaque para a aposta na “contratualização e acompanhamento de metas e controle de qualidade”. Conforme ele, o município conseguiu avanços na saúde terciária e secundária através de parcerias com entidades e agora pretende ampliar o modelo para a atenção primária. Afirmou, ainda, não fazer sentido ter tantas unidades de saúde sob gerência direta do governo. O representante do Executivo resgatou o histórico do Imesf - criado em abril de 2011 - e do trâmite judicial que culminou na decisão do STF para que seja extinto. Ele criticou as entidades que ingressaram com ação contra a criação da entidade e afirmou que a constituição de uma empresa pública não seria possível, já que não teria a natureza de produção de serviço.
A proposta emergencial da prefeitura é fazer parceria com organização da sociedade civil para a contratação temporária de profissionais da saúde para manter os serviços. Outra etapa seria a seleção de entidade para gerenciar a saúde primária. Conforme Katz, “a nova formatação terá melhores resultados de saúde e maior acesso à população”.
Marcelo Matias, presidente do Simers, destacou que as parcerias realizadas na cidade “produziram desassistência e desvios. Os processos judiciais comprovam isso”. “Quem garante que aqui a gente não vai ter uma nova Gamp?”, questionou. Já Alberto Terres, diretor-geral do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), questionou a falta de diálogo com os servidores, com a Câmara e com a população para encontrar uma solução ao problema. 
Além dos demais membros da Cosmam - vereadores Aldacir Oliboni (PT), Cláudia Araújo (PSD), Hamilton Sossmeier (PSC), José Freitas (Republicanos) e Paulo Brum (PTB) -, participaram da audiência pública: outros parlamentares; o procurador-geral do Município, Nelson Marisco; os deputados federais Henrique Fontana (PT), Fernanda Melcchionna (PSOL) e Maria do Rosário (PT); e os deputados estaduais Dr Thiago Duarte (DEM), Luciana Genro (PSOL), Sebastião Melo (MDB) e Sofia Cavedon (PT). O secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, acompanhou o final do encontro.

Foto  Leonardo CardosoTexto
Ana Luiza Godoy (reg. prof. 14341)
Edição
Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)





Dia voltado ao IMESF na Câmara


Os trabalhos da semana começaram cedo para atender os trabalhadores do IMESF - Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família, cujas unidades foram fechadas na semana passada por uma decisão do STF.
Recebi, pela manhã, uma comissão no Salão Nobre da presidência, a fim de ouvi-los e mediar a questão junto ao Legislativo.
Eles ficarão mobilizados hoje durante todo o dia para definir suas reivindicações. Temos a presença de profissionais e usuários de postos de mais de cem bairros de Porto Alegre, que estão extremamente preocupados com o fim desse atendimento de saúde que é fundamental em Porto Alegre.
Como presidente do Legislativo, estou acompanhando de perto e fazendo o que está ao meu alcance para a solução desta grave questão, que tem dois lados, trabalhadores na iminência de ficar sem seus empregos e a população que pode ficar desassistida.
Também foi realizada uma reunião extraordinária da Comissão de Saúde, que presidi, com as galerias lotadas de servidores do IMESF, que, junto com representantes da área da saúde municipal, sindicatos, vereadores  deputados estaduais e federais que compareceram, discutiu a continuidade deste importante serviço em POA e soluções e medidas que esperam do governo municipal. Foram muitas as manifestações na tribuna em defesa da causa.
Em frente à Câmara, demais servidores se concentraram, de forma muito organizada, numa grande mobilização de cerca de mil pessoas, pela Saúde em Porto AlegreApós a plenária, eles se dirigiram em passeata para um ato na frente da Prefeitura de Porto Alegre. 






]





Bem-vinda, Primavera!


Bom dia! Já é primavera.
Dou as boas-vindas à bela estação que chega trazendo novas cores e muitas flores, ânimo e esperança.






sábado, 21 de setembro de 2019

Hoje é o Dia da Árvore

Porto Alegre tem mais de 80% de suas vias públicas arborizadas. 
As árvores nos dão flores, frutos, sombra e oxigênio. 
Simbolizam vida e renovação.
Plante, replante, respeite.




sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Viva o 20 de setembro!

Minha homenagem, com muito orgulho, à data máxima dos gaúchos - marco histórico que determinou a nossa identidade sul-rio-grandense.
Desejo a todos um bom feriado!


O aniversário de 116 anos do Grêmio

Foi um grandioso evento e à altura do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, o jantar comemorativo dos 116 anos do clube, realizado na Casa NTX em Porto Alegre, na noite desta quita-feira. 
O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, em seu discurso, me cumprimentou como presidente da Câmara Municipal da Capital e fez questão de me citar como uma gremista apaixonada pelo seu time. O meu marido, Alexandre, também gremista, me acompanhou, orgulhoso em prestigiar esse momento significativo do seu time.
Foi uma bela agenda oficial. A sociedade gaúcha representada em todos os segmentos estava lá para prestigiar um dos maiores times de futebol do mundo, que é de Porto Alegre, centenário e muitas alegrias e vitórias já deu a sua grande torcida nesse tempo de existência.
Parabéns, Grêmio!

Com o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan

Eu e o Alexandre no painel que foi colocado na entrada do evento

Com o Comandante Militar do Sul General Miotto, uma das autoridades que prestigiou
a festa
Com o ex-deputado estadual Ciro Simoni e o vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto


Amigas queridas que encontrei

Com a secretária do município (dir.), Comandante Nádia, e uma amiga

Sendo cumprimentada por um eleitor que acompanha e admira minha caminhada política

Entre os casais Leonardo Lamachia e Alexandre Gadret

Com o neto do senador Heinze, Vicente, que veio até nossa mesa me cumprimentar

Panorâmica do jantar

A imagem dá ideia da dimensão do evento promovido pelo Grêmio





quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Bela homenagem ao jornalista Lauro Quadros

O jornalista Lauro Quadros recebeu hoje durante a sessão plenária, a Comenda Porto do Sol, em homenagem a sua trajetória pessoal e profissional na Comunicação gaúcha, no dia em que completou 80 anos de vida.
Como jornalista e vereadora, lembro o quanto admirava sua postura isenta e democrática de apresentador, sobretudo do programa Polêmica da Rádio Gaúcha, o que transparecia na escolha de seus convidados, sempre abrangendo representantes de todas as instâncias políticas, todos os credos, todos os segmentos da sociedade, buscando o equilíbrio entre os debatedores com sempre de pautas de interesse da sociedade.
Há trinta anos, conciliando com o jornalismo, de forma abnegada, uniu esforços para criar o Instituto do Câncer Infantil, onde hoje é presidente do Conselho Deliberativo, uma entidade que é uma referência e um exemplo.
Há tempos um homenageado não reunia tantas manifestações dos vereadores, unânimes de admiração, saudosismo e boas lembranças.
O proponente da outorga da Comenda foi o vereador Hamilton Sossmeier e estiveram presentes o vice-prefeito Gustavo Paim, a fundadora e diretora de voluntariado do Instituto do Câncer Infantil, Sylvia Foster , e os representantes do Grupo RBS, Cezar Freitas e Antonio Donadio.
Cumprimentando o colega de jornalismo

Entrega da Comenda e do diploma 

Com a diretora de voluntariado e fundadora do Instituto do Câncer Infantil, Sylvia Foster e a diretora de RH, Graça Costi 
Lauro matou a saudade da tribuna do tempo de vereador

Foto com grupo de vereadores e família

Com o nosso prestigiado vice-prefeito

No início da sessão plenária nesta quinta-feira, recebendo a visita do vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, que continua cada vez mais forte e com prestígio entre os porto-alegrenses, pelo seu perfil sério, equilibrado, dedicado e competente.


Foto: Ederson Nunes/ CMPA




Tradicional almoço no piquete da Pampa

Participando, junto com colegas vereadores, do já tradicional almoço no piquete da Rede Pampa no Acampamento Farroupilha.




Gastos dos vereadores online

Compartilho matéria do jornal Zero Hora desta quinta-feira, sobre a implementação da 2ª etapa do projeto Câmara Aberta, que agora conta a disposição on-line do Controle Cidadão do Gasto Parlamentar, do Serviço de Dados Abertos, aprimoramentos da opção Informações ao Eleitor e da Ouvidoria, além de um novo layout para o Portal Transparência, todos acessáveis no site da Câmara.


quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Minha manifestação sobre o IMESF

Compartilho minha em tempo de presidência, onde relatei o encontro que tive com cerca de 400 trabalhadores do IMESF - Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família nesta terça-feira, 17, quando soubemos que 68 unidades de saúde foram fechadas e 1.870 profissionais, entre médicos, enfermeiros e agentes comunitários, poderão perder seus empregos.
O primeiro passo para uma solução foi dado. Marcamos uma reunião extraordinária da Cosmam na manhã da próxima segunda-feira, 23, para debater o assunto.

Vereadores rejeitam quinto pedido de impeachment do prefeito Marchezan

No início dos trabalhos da sessão plenária desta quarta-feira na Câmara Municipal de Porto Alegre, como presidente, coloquei em votação a admissibilidade de análise de um novo do Pedido de Impeachment do prefeito Nelson Marchezan Júnior, que foi rejeitada por 23 votos contrários e sete abstenções.