Projetos

sábado, 29 de novembro de 2014

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Minha vida na Comunicação


Hoje quero destacar o Jornal da Pampa, programa que participo todas as semanas e onde compartilho de uma rica bancada de comentaristas, que de segunda a sexta levam assuntos variados que geram sempre boas trocas de informação.
Lá, somos recebidos por uma produção cuidadosa e ágil, e conduzidos com muito profissionalismo pela Magda Beatriz, a âncora do jornal, e pelos parceiros que são as vozes das notícias e acontecimentos do dia, Karla Krieger, que também apresenta e Farid Germano Filho.
No ar, ao vivo, temos a participação constante dos telespectadores que participam através de mensagens de e-mail, com críticas, elogios e questionamentos.
O programa de ontem contou também com a presença do Luiz Coronel e do deputado Adão Villaverde. Meu comentário principal foi sobre o exercício do desapego, quando frente a determinadas situações da vida, precisamos nos desfazer de coisas, objetos e lembranças que nos acompanharam a vida inteira.
Quando Farid noticiou a prisão de um dos meliantes que praticou assalto ao supermercado Zaffari do Bairro Bom Fim em Porto Alegre, ocorrido no mês de setembro, num dia de semana, às 9 da manhã, coloquei que cada vez mais a bandidagem aumenta na Capital e os crimes já não tem dia, hora, nem local para serem praticados. Todos estamos correndo risco de ficar em meio a um tiroteio, como foi o caso do supermercado e por isso defendo a tese de que a presença de policiamento ostensivo nas ruas contribuiria para, pelo menos, inibindo a ação dos bandidos. Nisso, a Karla, que estava apresentando, lembrou que bastava vermos a questão dos policiais militares de Porto Alegre, que hoje em dia, por estarem fardados com seus uniformes são alvos de bandidos quando entram em um ônibus. Daí puxei que foi aprovado na Câmara o projeto que dá passe livre nos ônibus também aos PMs quando estão sem a farda, pois eles tem medo de serem identificados pelos criminosos. Falei que muito me doeu votar favorável a uma medida que me entristece, pois ter um policial uniformizado próximo sempre foi motivo de orgulho e sinônimo de proteção, mas que agora é algo arriscado.
Comentei também de como estava feliz pela Karla ter recebido o importante e aguardado Prêmio Press na categoria de melhor apresentadora de TV de 2014, e como torci para isso.
Elogiei essa jovem profissional da Comunicação que administra muito bem a sua carreira, sendo mãe de três filhas e conciliando toda a vida familiar e as tarefas que disso decorrem e que têm que ser equilibradas.
Nós, mulheres do Jornal da Pampa, além de preparar as matérias e pautas, temos que aparecer bem na telinha e isso também exige tempo e é um componente que nos diferencia dos homens, que não precisam passar por esse ritual nos camarins.
Finalizando, quando o Farid mandou abraços a alguns telespectadores, dei meu testemunho de como o Jornal da Pampa é visto, querido e reconhecido, pois na rua sou constantemente parada e as pessoas vêm falar comigo. Uma vez teve uma moça que me perguntou onde eu fazia as luzes nos meus cabelos, que ela via na TV e gostava. Esses dias uma senhora pediu para eu dizer para a Karla que a prefere de cabelos mais ondulados e que eu não deveria usar preto, e, sim, roupas coloridas! 
É muito gratificante para mim, sendo jornalista, ter oportunidade de toda semana levantar um tema para dividir com o público gaúcho, um público fiel, que interage, que demonstra carinho e que nos pauta e para quem fazemos o programa.
O Jornal da Pampa é um sucesso e é um prazer para mim fazer parte dele.

A parte que cabe a nós mulheres, produção no camarim da TV Pampa
Foto: Farid Germano Filho

Eu e Karla já prontas para entrar no ar!
Foto: Farid Germano Filho

E com o querido Farid











quinta-feira, 27 de novembro de 2014

27 de Novembro - Dia de Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa


A quinta-feira foi corrida. No dia da minha santa protetora, Nossa Senhora das Graças, por pouco não consigo parar para fazer esta lembrança, e, assim, uma homenagem e um agradecimento a ela. 
Pois, agora, quero aproveitar e dar uma boa noite aos amigos com a benção da Nossa Senhora das Graças, que está sempre comigo, nas minhas orações e na medalha milagrosa que uso numa corrente no pescoço.



Quem foi Nossa Senhora das Graças:
Um dos mais valiosos presentes da Santíssima Virgem para a humanidade, foi dado no dia 27 de novembro de 1830, por meio de Santa Catarina Labouré, humilde freira da Congregação das Filhas da Caridade, na Capela da Medalha Milagrosa, no centro de Paris, 
Nesse dia, segundo relatos, Nossa Senhora apareceu-lhe mostrando nos dedos anéis incrustados de belíssimas pedras preciosas, “lançando raios para todos os lados, cada qual mais belo que o outro”.
Em seguida, formou-se em torno da Virgem uma moldura ovalada no alto da qual estavam escritas em letras de ouro as seguintes palavras: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”.
A Virgem apareceu sobre um Globo, a Terra, pisando a cabeça da Serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o a Deus, num gesto de súplica. E diz a Santa Catarina: “Este globo representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”. De repente, o globo desapareceu e suas mãos se estenderam suavemente, derramando sobre o globo brilhantes raios de luz.
E Santa Catarina ouviu uma voz que lhe dizia: “Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo. Todos os que a usarem, trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças. Estas serão abundantes para aqueles que a usarem com confiança.”
Em 1832, uma violenta epidemia de cólera assolou a cidade de Paris. Foram, então, cunhados os primeiros exemplares da medalha, logo distribuídos aos doentes. À vista das graças extraordinárias e numerosas obtidas por meio dessa medalha, o povo passou a chamá-la de Medalha Milagrosa. Em pouco tempo, essa devoção difundiu-se pelo mundo inteiro, e foi enriquecida com a composição de uma Novena.
Nossa Senhora foi a única criatura que nunca ofendeu a Deus, por isso o Anjo a chama de “cheia de Graça”; assim, ela encanta o coração de Deus e Este lhe atende todas as súplicas. Nossa Senhora, como boa Mãe, se põe como nossa magnífica intercessora.
Mais do que em outros dias, hoje é dia de Graças; peça tudo o que desejar a Nossa Senhora das Graças e já comece a agradecer; pois, se for para o seu bem, Deus lhe concederá pelas mãos benditas de Sua Mãe querida.

Prof. Felipe Aquino
www.cancaonova.com 




Repercutindo o Prêmio Press



Devido a uma importante agenda familiar, não pude estar presente na cerimônia do Prêmio Press como faço todos os anos, mas de qualquer forma acompanhei e fiquei na expectativa de conhecer os vencedores.
A entrega do Prêmio Press é um grande momento da nossa Comunicação, quando são reconhecidos os profissionais gaúchos mais destacados do ano, cujos nomes são lembrados, indicados, passam pelo voto popular e por uma comissão julgadora de alto nível que define os contemplados. Dá para se dizer que o Press é o nosso Oscar da área.
A promotora do prêmio é a Revista Press & Advertising, que tem o jornalista Júlio Ribeiro no comando.
Repercuto a notícia sobre a edição 2014 com a listagem dos homenageados e vencedores, formada por muitos profissionais que admiro, amigos e conhecidos, com quem compartilho do ofício de jornalista e que estão de parabéns pela conquista:





Teatro lotado para entrega do Prêmio Press 2014

26/11/2014 10:54:53


Em noite de grande festa, com a presença de mais de 500 convidados, foi entregue ontem, dia 25, os troféus de melhores do ano do Prêmio Press 2014.

E tudo começou com uma apresentação de luxo do pianista Luciano Leães, que fez o piano de cauda do Teatro Dante Barone tocar blues inéditos, ao som de palmas da plateia.  Além das 16 categorias de premiação (ver relação de premiados abaixo), dois troféus especiais foram entregues: O Troféu Sistema Fiergs Homenagem Especial para o jornalista Rogério Mendelski, pelos mais de 45 anos de atuação na imprensa gaúcha; e o Troféu Advertising para o empresário Adelino Colombo, pela sua contribuição ao crescimento e valorização do mercado publicitário do Rio Grande do Sul.

Seu Adelino relembrou os tempos pioneiros em que possuía um pequeno armazém e, em seguida, uma primeira lojinha em Farroupilha, e de todo o trabalho que teve para conquistar mercado numa época em que a televisão recém era lançada no Brasil, no final da década de 1950. Ele lembrou a importância que a propaganda teve na consolidação do seu negócio e na criação e expansão das Lojas Colombo.  Ele agradeceu, em especial, à sua esposa e aos mais de 5.000 empregados que a rede possui em cerca de 270 lojas. O Troféu Advertising teve o patrocínio da ABAP-RS (Associação Brasileira de Agências de Propaganda) e do SBT-RS.
Já Rogério Mendelski falou da alegria com que trabalha na imprensa há quase cinco décadas. “Ninguém acorda as 3h00 da manhã, para fazer um programa diário de quatro horas seguidas, se não gostar muito do que faz”, disse ele para salientar que encara o trabalho no rádio como uma diversão. Ao final, ele dedicou o troféu a quatro colegas jornalistas, falecidos neste ano:  Maria Isabel Hammers, Jayme Keunecke, Janer Cristaldo e Celito de Grandi.
O Grand Prix da noite, o Troféu Sistema Fiergs Jornalista do Ano foi conquistado pelo editor de Opinião do Jornal do Comércio, Roberto Brenol de Andrade, com mais de 50 anos de atuação no jornalismo do Rio Grande do Sul.
A 15ª edição do Prêmio Press teve o patrocínio do Sistema Fiergs, Sistema Fecomércio, Sicredi, Sinduscon-RS, CIEE-RS e STICC, com o apoio da Krim Bureau e Assembleia Legislativa.

Relação  de Premiados 

TROFÉU SISTEMA FIERGS HOMENAGEM ESPECIAL
Rogério Mendelski


TROFÉU ADVERTISING
Adelino Colombo


ESTAGIÁRIO DE JORNALISMO DO ANO – Troféu CIEE-RS
Roberta Scherer - SBT


REPÓRTER DE RÁDIO DO ANO – Troféu STICC
Mateus Ferraz – Rádio Gaúcha


REPÓRTER DE TELEVISÃO DO ANO
César Fabris – SBT


REPÓRTER DE JORNAL/REVISTA DO ANO – Troféu Sistema FECOMÉRCIO-RS
Leandro Behs – Zero Hora


COLUNISTA DE JORNAL/REVISTA DO ANO– Troféu Fernando Albrecht
Flávio Pereira – O Sul


COMENTARISTA DE TELEVISÃO DO ANO
Nando Gross – TV Record


COMENTARISTA DE RÁDIO DO ANO – Troféu Ruy Carlos Ostermann
Armando Burd – Rádio Pampa


APRESENTADOR DE TELEVISÃO DO ANO – Troféu SICREDI
Karla Krieger – TV Pampa


APRESENTADOR DE RÁDIO DO ANO
Luiz Carlos Reche – Band AM


JORNALISTA DE WEB DO ANO
José Luiz Prévidi - www.previdi.com.br


REPÓRTER FOTOGRÁFICO DO ANO
Lucas Uebel – O Sul


LOCUTOR/APRESENTADOR DE NOTÍCIAS– Troféu Milton Jung
Sergio Stock – Band TV


JORNALISTA DESTAQUE DO INTERIOR – Troféu SICREDI
Alex Frantz – Rádio Progresso/Ijuí


MELHOR PROGRAMA DE RÁDIO DO ANO
Jornal Gente – Band AM


MELHOR PROGRAMA DE TELEVISÃO DO ANO
Brasil Urgente – Band TV


JORNALISTA DO ANO (Grand Prix) –Troféu SINDUSCON-RS
Roberto Brenol de Andrade – Jornal do Comércio



No palco, os ganhadores do Prêmio Press 2014








quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Ação e reação

Vivemos num momento em que o mundo, ao mesmo tempo que pede paz, frente a tantos conflitos, demonstra e manifesta um sem número de atitudes racistas, separatistas e de preconceitos de toda ordem. 
Nesse fato acontecido em Israel, que compartilho, foi dada uma pronta resposta a um comportamento que deve mesmo ser combatido se quisermos viver em um lugar melhor.




A startup israelense GetTaxi, que opera um importante serviço de pedidos de táxi através de smartphones em Israel, respondeu com indignação à manifestação de uma cliente nas mídias sociais sobre a utilização de motoristas árabes.
A cliente, Yael Mahvov, postou um discurso racista na página da empresa no Facebook dizendo: "Eu sou um cliente regular de GetTaxi, mas parei, pois ultimamente a maioria dos motoristas tem sido árabe!!! Como se houvesse uma escassez de motoristas judeus. Vocês vão perder. Amém!!!!"
A resposta foi:
"Yael, somos uma empresa que respeita todos os seres humanos. Como você sabe, há uma lei em Israel, que proíbe a discriminação contra pessoas com base em qualquer parâmetro, incluindo a sua religião e etnia. Nós avaliamos cada um de nossos motoristas sobre os valores da nossa empresa (confiabilidade, serviço, etc), e não em sua origem. No entanto, se é assim que você se sente, você é mais que bem-vinda a abrir mão dos nossos serviços. Durante momentos como estes é preciso promover o diálogo e a tolerância - não o racismo". O seu comentário é racista, disse o comunicado da empresa.
GetTaxi emprega cerca de 3.500 motoristas de táxi em Israel e disse que não tem intenção de atender mais as demandas de clientes como Mahvov, enfatizando que contrata funcionários de todas as esferas sociais e étnicas.

Fonte: Federação Israelita do RS



terça-feira, 25 de novembro de 2014

Doe sangue!





O Dia Nacional do Doador de Sangue alerta para conscientização da doação voluntária.
É uma ação de solidariedade que pode manter e salvar a vida de outra pessoa, que podemos nem conhecer, mas que precisa de nós.
Talvez muitos não saibam, mas o tempo médio de uma doação é de 15 minutos - são apenas quinze minutos que damos do nosso tempo e que podem se transformar em anos e décadas de vida para alguém.
A data foi instituída no Brasil em 30 de junho de 1964, pelo decreto 53.988 promulgado pelo Presidente Castelo Branco.

Veja alguns critérios básicos para poder doar:

·         Querer, estar disposto e com boa vontade;
·         Estar em boas condições de saúde;
·     Ter idade entre 16 e 68 anos ( menores, somente acompanhado de algum responsável legal );
·         Pesar acima de 50 Kg ;
·         Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação;

Situações em que não pode doar: 

·         Estar com gripe ou febre;
·         Estar gravida ou amamentando;
·         Ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
·      Exposição à situação de risco para a AIDS (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas);
·        Não ter feito tatuagem nem recebido transfusão de sangue ou derivados nos últimos 12 meses.
·         Não ter problemas cardíacos e renais;
·         Doença de Chagas ou Malária;
·     Ser portador dos vírus HIV (Aids), HCV (Hepatite C), HBC (Hepatite B), HTLV;
·         Usuários de drogas injetáveis. 

Levar (01) um dos documentos abaixo, no dia:

·         Documento de Identidade
·         Carteira de Motorista 
·         Carteira de Trabalho

Locais para doação de sangue em Porto Alegre:

Banco de Sangue da Santa Casa
Nome: Complexo Hospitalar Santa Casa
Endereço:Rua Professor Annes Dias, 295 - Acesso pela Av. Independência, 75
Bairro: Centro Histórico - Porto Alegre - RS
Fone: (51) 3214-8025 / (51) 3214-8585


Banco de Sangue do Hospital Mãe de Deus
Nome: Hospital Mãe de Deus
Endereço: Rua José de Alencar, 286 - 3° Andar
Bairro:  Menino Deus - Porto Alegre - RS
Fone: (51) 3230-2309 / (51) 3230-2000


Banco de Sangue Hospital Moinhos de Vento
Nome: Hospital Moinhos de Vento
Endereço: Rua Ramiro Barcelos, 910 - Térreo
Bairro: Porto Alegre - RS.
Fone:  (51) 3314-3860


Banco de Sangue do Hospital de Clínicas
Nome:Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Endereço: Rua São Manoel, 543 - 2° Andar
Bairro: Rio Branco - Porto Alegre - RS.
Fone: (51) 3359-8504


Banco de Sangue do Hospital de Pronto Socorro
Nome: Hospital de Pronto Socorro - HPS
Endereço: Largo Teodoro Herzl, Térreo
Bairro: Bom Fim - Porto Alegre - RS.
Fone: (51) 3289-7656 / (51) 3289-7657


Banco de Sangue do H. Nossa Senhora da Conceição
Nome: Hospital Nossa Senhora da Conceição
Endereço: Avenida Francisco Trein, 596 - 2° Andar
Bairro: Cristo Redentor - Porto Alegre - RS
Fone: (51) 3357-2139


Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul
Nome: HEMORGS
Endereço: Avenida Bento Gonçalves, 3722 - Hospital Sanatório
Bairro:  Partenon - Porto Alegre - RS
Fone: (51) 3336-6755


Laboratório Marques Pereira
Nome: Laboratório Marques Pereira
Endereço: Rua Vasco da Gama, 84
Bairro: Bom Fim - Porto Alegre - RS.
Fone: (51) 3311-0016


Hospital São Lucas da PUC-RS
Nome: Hospital São Lucas da PUC
Endereço: Avenida Ipiranga, 6690
Bairro: Jardim Botânico - Porto Alegre - RS.
Fone: (51) 3320-3000


Hospital Divina Providência
Nome: Divina Providência
Endereço: Rua da Gruta, 145
Bairro: Glória - Porto Alegre - RS.
Fone: (51) 3320-6000






domingo, 23 de novembro de 2014

Parabéns a nossa OSPA!




Como secretária da Cultura do RS, tive o privilégio de conhecer de perto o trabalho da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e de constatar sua grande dimensão cultural e social conquistada na missão de levar a boa música à população gaúcha, através de tantos concertos e ações educativas.
A Ospa foi instituída em 23 de novembro de 1950, tendo à sua frente o maestro Pablo Komlós, regente húngaro que a dirigiu até 1978 e foi responsável pela permanência, solidificação e prestígio adquirido pela orquestra gaúcha em todo o país. 
Até o ano de 1964, era mantida com a colaboração de sócios da comunidade local. Após estudos, a então Sociedade Orquestra Sinfônica de Porto Alegre teve autorizada a sua encampação pelo Governo Estadual, em 1965, e, através do decreto de lei nº 17.173, foi transformada em fundação.
Os músicos foram reconhecidos nos seus direitos como funcionários públicos. 
Mantida e administrada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, a Ospa é um órgão da Secretaria de Estado da Cultura.








sábado, 22 de novembro de 2014

Sábado com espírito natalino

O meu sábado foi especial. Passei ao lado do meu trio querido. Na programação, uma passada na livraria, pausa para um lanche e visita ao Papai Noel, com direito a pedidos de presentes.
Depois, oficina de trabalhos manuais, onde as duas maiores, Martina e Marcela, se dedicaram a confeccionar os nossos enfeites de Natal, com muita dedicação, criatividade e capricho.


Martina e Catharina, felizes em encontrar o Papai Noel

A Marcela também curtiu o encontro com o "Bom Velhinho"

Martina e Marcela já vestidas de princesas do filme "Frozen", a postos para criarem belos enfeites
para a árvore de Natal, comigo e com a Juliana. 

  
Minha dupla querida trabalhando muito compenetrada