Projetos

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Café combina com política


Hoje, tive o prazer de participar de uma proposta muito interessante e acolhedora, que foi falar no “Café com Alta Política”.
É uma promoção do Instituto Alta Política e o evento ocorreu pela manhã no Café do Margs, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul.
Encontrei um público querido e interessado em me ouvir falar da minha trajetória, sobre política, sobre democracia e sobre o papel do vereador e do Legislativo nesses tempos de redes sociais.
Destaquei a importância da troca de ideias, da discussão e da reflexão de temas importantes propostos pelo Instituto e parabenizei o mediador Lauro da Costa Silveira, pelo curso de pós-graduação em Alta Política, um curso novo, que está com seu primeiro semestre em andamento na Faculdade Monteiro Lobato, em Porto Alegre.
Passando uma noção sobre a nossa Câmara Municipal,  falei da atual experiência como presidente da casa e sobre sua característica de ser um espaço democrático, de portas sempre abertas, que tem que oferecer e garantir escuta ao povo, o cumprimento da lei e a transparência dos atos, tanto nos processos administrativos, quanto nos projetos apresentados pelos vereadores. Citei o recém lançado projeto Câmara Aberta, que é uma iniciativa que vai ampliar as nossas ferramentas de acesso à informação buscando ainda mais transparência e interação com a sociedade.
Refletindo sobre a importância do bom uso das redes sociais em benefício, e não em prejuízo à sociedade, registrei que a responsabilidade virtual do político hoje, além do exemplo de sua conduta, suas práticas e seus valores, também é muito grande.
Ao final da fala, a mesa abriu para perguntas e foi maravilhoso receber o retorno das pessoas que quiseram, além de perguntar, deixar um depoimento ligado a mim. A advogada Georgia Brun, se manifestou dizendo que sua avó, Flausina Guilloux Brum, foi a primeira mulher a assumir, mesmo que interinamente, uma prefeitura no RS, na cidade de Encantado, e que acompanhando o meu trabalho ela lembrava dela e do seu pioneirismo como mulher na política. Aécio Schroder da Silveira, servidor do Ministério Público do Estado, elogiou a minha gestão na Câmara, dizendo que já percebeu mais celeridade nas ações e nos processos que dialogam com o MP, dizendo que também que era um grande admirador do meu pai e dos valores militares. Os funcionários da Câmara Jorge Barcellos e Roberto Jacobasko foram me prestigiar e falaram ue sou uma parlamentar que atua em tudo no Legislativo, com diálogo e interação. Tivemos, inclusive, a participação de um cidadão português, João Paulo Gomes, da Ilha da Madeira, consultor financeiro e de marketing político, que há seis meses está morando em Porto Alegre e já percebeu alguns aspectos da cidade que fez questão de dividir conosco, entre eles o excesso de pichações, ao que resumi o meu esforço no combate a essa prática nociva, enquanto vereadora.
Os alunos do curso, Jaime Zell de Sousa e Ruth D’Amorim, contribuíram para o evento, ele compondo a mesa e ela fazendo a frente, recebendo os convidados e registrando as presenças. E saiu tudo perfeito.












Nenhum comentário:

Postar um comentário