Projetos

domingo, 29 de junho de 2014

Pedro Américo Leal, 90 anos





Meu pai faz noventa anos neste domingo, 29 de junho.

A família Leal comemora esta data tão especial com um almoço que vai reunir filhos, netos, genros, noras, bisnetos, namorados, noivos, esposas e maridos dos netos.

Poucas horas antes de dar o meu abraço bem apertado no aniversariante, eu quero falar desse cidadão que é uma lenda viva da política gaúcha e que tenho a felicidade de ter como pai e amigo.

Todo mundo sabe que eu sou uma filha encantada, porque declaro sempre isso em alto e bom som. Ele, com sua garra de vencer, imprimiu em mim, sem perceber, traços valiosos de espírito de luta, honra, dever e disciplina. Foi o seu amor, a sua doação e seus ensinamentos que despertaram em mim uma percepção do dever público que jamais perderei, que reforçaram minhas crenças já fortes, sobre lealdade, trabalho duro e comprometimento, virtudes essenciais para o oficio político.

Posso dizer que o que mais me encantana nossa relação é a certeza de contar com sua mão solidária e seu ombro amigo.

Ao mesmo tempo em que hoje eu tenho que cuidá-lo ainda mais, sinto que é ele quem me cuida com sua sábia quietude.

Nossa, como a presença e a figura do meu pai me dão força!Meu sentimento de gratidão por sua sabedoria e bondade é profundo.  

A Pedro Américo Leal, exemplo vivo do que é ser um bom pai, eu dedico esta homenagem no dia dos seus 90 anos.



Foto: Paula Fiori
 










Nenhum comentário:

Postar um comentário