Projetos

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Campanha limpa nas redes





Comungo desse mesmo pensamento da senadora Ana Amélia Lemos, que nos alerta, antevendo o forte uso das redes sociais na campanha eleitoral de 2014 que se aproxima.
Na internet, onde habitam as poderosas redes sociais, cada cidadão exerce seu próprio poder de inclusão e participação, a cada acesso, a cada postagem e manifestação. Mas, há quem utilize essas ferramentas como se fossem armas, ferindo pessoas escondidos atrás da máquina e destruindo histórias de vida.
E o campo das disputas políticas é terreno fértil para diversos tipos de ataques, movidos pelos ânimos acirrados que surgem em época de eleição.  
A "liberdade de expressão" na internet e fora dela, deve sempre estar acompanhada de responsabilidade. A consequência para quem é dado a agredir, caluniar e até mentir, deve ser a responsabilização por aquilo que escreve e compartilha.  Por isso a importância da verificação das fontes do que é postado e do discernimento de saber no que acreditar.
Quanto aos candidatos políticos, precisamos nos informar bem sobre a vida e a trajetória daqueles em quem queremos votar, não dando ibope, assim, aos ataques virtuais, que muitas vezes são infundados, configurando a famosa “intriga da oposição”.







Nenhum comentário:

Postar um comentário