quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Forte debate na Pampa!

Participei do Pampa Debates, que mais uma vez foi um campo fértil para falarmos sobre o momento atual, sobre Porto Alegre e a política local. O assunto do pedido de impeachment do prefeito Marchezan dominou a conversa.
Expliquei, aos que deram sua opinião de que não era a hora de aceitar essa denúncia, no meio de uma pandemia e no final do mandato, que a Câmara, recebendo um documento como este, tem que protocolar. Aí, deve se fazer cumprir o rito dentro da Casa. Seguindo esse fluxo, ele chega para votação dos vereadores, que, no caso, votaram pela admissibilidade do pedido, feito por um conjunto de cidadãos porto-alegrenses.
Foi sem dúvida o assunto mais importante do programa e o debate foi acalorado. Para mim, que votei a favor de o prefeito ser investigado, trata-se de uma questão de legalidade por parte da Câmara e de forma alguma uma ação oportunista do legislativo ou pessoalista contra ele.
A minha Continência foi para dois amigos que estão hospitalizados no Hospital Conceição, mas que estavam nos assistindo, e também,  para o meu pai, lembrando todo os pais pelo seu dia no próximo domingo.
Na bancada estiveram comigo, o desembargador Francisco José Moesch, o empresário e ex-vice-governador do RS, José Paulo Cairoli, o advogado Felipe Martini, e o presidente da Uniodonto, Júlio Maciel, com a apresentação do Paulo Sérgio Pinto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário