domingo, 3 de novembro de 2019

Conhecendo a KKL

Estou em Israel, participando de um evento, a convite do vice-presidente mundial da Karen Kayemeth LeIsrael, a KKL Organization, senhor Hernan Felman, para conhecer o trabalho que  desenvolvem nesse país. 
A KKL também é chamada de Fundo Nacional Judaico e se destaca na liderança do desenvolvimento de projetos que buscam um meio ambiente melhor e mais saudável. É a mais antiga instituição ecológica do mundo, que ajudou a transformar uma terra desolada em um maravilhoso país verde, com 240 milhões de árvores já plantadas para que esse milagre acontecesse. 
Hoje, eu visitei o Centro Florestal do deserto de Gilat. Fica perto da cidade Ofakim e lá produzem e criam 500 mil plantas das mais variadas espécies por ano. 
As plantas são doadas para prefeituras, que utilizam em parques e bosques planejados. A KKL recebe arquitetos e paisagistas que apresentam projetos para florestar um local com determinado número de plantas. Também, esses profissionais vão ao Gilat para estudar como elas crescem, vivem e se adaptam no clima e no solo do local. Todas as árvores em Israel foram plantadas. Em tudo tem tecnologia. 
À tarde fui conhecer justamente a maior floresta plantada de Israel, chamada Yatir. Fica localizada nas encostas ao sul do Monte Hebron, na beira do deserto de Negev. 
Nas imagens, um pouco desse roteiro:












Nenhum comentário:

Postar um comentário