Projetos

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Unidos pela Tradição


Uma das características do nosso povo é a de manter bravamente as tradições, e isso sentimos quando andamos pelos quatro cantos do Rio Grande.
Em todas as regiões não há distinção: vemos o gaúcho pilchado, os CTGs repletos, o chimarrão como hábito sagrado, o churrasco assado no mais distante rincão e nosso hino cantado com propriedade e emoção.
Estamos todos acompanhando mais uma grande mobilização gaúcha em torno das comemorações da Semana Farroupilha.
De norte a sul do Estado, as prefeituras, as secretarias de turismo e cultura, a rede escolar, as instâncias da sociedade civil, o cidadão comum, todos estão imbuídos de que o momento é de celebrar e reverenciar a história da Revolução Farroupilha, acontecimento histórico que confirmou o perfil guerreiro do povo gaúcho, que definiu as cores da nossa bandeira, e que deve estar sempre vivo em nossa memória.
O mês de setembro traz para o Rio Grande do Sul inteiro, a certeza de que somos um povo aguerrido que tem orgulho do seu passado, que no presente cultua suas tradições e costumes, para no futuro não ver diluídas sua história e sua identidade.
É no agora que devemos trabalhar para que nossa tradição seja passada às novas gerações e mantida por quem já tem consciência de sua importância.
Chegando ao século XXI, assistindo a ascensão global de uma sociedade de consumo e tão dependente das tecnologias, é incrível ver nossa capacidade gaúcha de evocar as raízes, de manter os costumes e de resgatar o passado, movida pela força maior de uma revolução acontecida há mais de cento e cinqüenta anos.
Seu significado determina até hoje muito do que somos, e, por isso, nos entregamos às comemorações com tanta devoção.
Os governos com suas secretarias envolvidas,se dedicam à Semana Farroupilha, simbolizada em Porto Alegre pelo Acampamento Farroupilha e pelo desfile temático do dia 20 de setembro.
Dali, nossa maior festa popular irradia para todo o Rio Grande do Sul e para o Brasil, como emblema da trajetória de um povo que evolui e ao mesmo tempo mantém sua identidade, não deixando morrer os ideais farroupilhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário