Projetos

quinta-feira, 5 de julho de 2018

"A Guarda Morre mas não se Rende" - Parabéns, 1ª Cia. de Guardas!


Compareci à solenidade alusiva aos 83 anos da 1ª Companhia de Guardas de Porto Alegre. Tenho uma admiração e uma consideração especial pela 1ª Cia. de Guardas, instituição militar que meu pai comandou de 1960 a 1962. Ele muito se orgulhava de seus comandados e sabia que podia contar com o grupo de valentes soldados da Companhia. Tinha sob seu comando o melhor grupamento de soldados, capaz de conter qualquer situação de desordem que se apresentasse, isso porque, através de um Posto de Recrutamento (criado por ele), fazia a seleção dos recrutas com perfil para integrarem os quadros da companhia. Sei o quanto representou na vida militar do meu pai.
Lembro com saudade de quando acompanhava meu pai nas atividades comemorativas da 1ª Companhia de Guardas, que é um exemplo de organização militar e orgulho da família verde-oliva brasileira, comprometida com a sociedade porto-alegrense e gaúcha.
Por esse motivo, também me imbuí de um sentimento de tristeza,
que é o sentimento de todos os componentes da 1ª Companhia de Guardas, pois soube que foi determinado através da Portaria nº 096 do Exército Brasileiro de fevereiro deste ano, a desativação da 1ª Companhia de Guardas numa proposta de reorganização da 3ª Região Militar.
Essa então foi a última solenidade de aniversário nas dependências que por tantos anos a abrigaram. Lembrarei com saudade de tudo isso, pois muito acompanhei meu pai em atividades oficiais e comemorativas da 1ª Companhia de Guardas e hoje sou convidada e compareço, também como vereadora, às suas solenidades. "A Guarda Morre mas não se Rende"! Esse é o lema da 1ª Companhia de Guardas, e sempre será, esta que é um exemplo militar e orgulho da família verde-oliva, comprometida com a sociedade porto-alegrense, gaúcha e brasileira.





Nenhum comentário:

Postar um comentário