Projetos

quinta-feira, 15 de março de 2018

Revoltante assassinato de uma jovem vereadora

Durante o debate realizado nesta quinta-feira, dentro da programação do Mês da Mulher na Câmara Municipal de Porto Alegre, o evento "Por mais mulheres na política" trouxe como pauta o revoltante assassinato da jovem vereadora Marielle Franco (PSOL) ocorrido na cidade do Rio de Janeiro. 
Se por motivação política ou por represália, devido a mesma ser uma grande ativista dos direitos humanos e da justiça social, não se pode admitir este tipo de crime nos dias de hoje. 
Estamos vivendo um descontrole na segurança como um todo, uma falta de limites e uma inversão total sobre o valor da vida. A violência usada como forma de solução para o que quer que seja, tem que ser estancada. 
Como vereadora e como cidadã brasileira registro a minha tristeza e a minha indignação diante desse crime bárbaro e inadmissível, de tamanha brutalidade e covardia, contra o estado democrático de Direito e contra uma mulher que lutava justamente pela diminuição da violência no meio em que vivia. Os tiros que atingiram Marielle atingem a todos nós.
Nesta primeira imagem, o momento em que fizemos um minuto de silêncio.










Nenhum comentário:

Postar um comentário