Projetos

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Veículo de comunicação impresso - Opinião do Jornalista André Machado

JORNALISMO VAI GANHANDO UM LUTO NOVO A CADA DIA

No momento em que jornalistas começam a discutir aqui no Rio Grande do Sul a sua necessária valorização como categoria, a notícia que vem é do fim da edição impressa de O Sul. O anúncio publicado na capa do jornal da Rede Pampa não fala em demissões, mas não é difícil imaginar que virão. Em pleno Dia do Jornalista, 07 de abril, o Estado de S. Paulo demitiu 120 pessoas, entre elas jornalistas consagrados, como Roldão Arruda.
Por aqui já tivemos demissões na RBS e na Band, onde trabalho. É a adequação à realidade de um período de economia encolhendo e que marca como ferro em brasa a vida de muitos profissionais. Alguns muito bons profissionais. Estamos num momento em que estar empregado é uma enorme conquista. Buscar uma remuneração melhor passa a ser um risco. Melhor garantir o que se tem...
Diariamente recebo ligações e e-mails de colegas em busca de uma oportunidade. É uma angústia. Há quem ache que se faz jornalismo sem jornalista. Há quem julgue que seus blogs pessoais ou páginas no Facebook são jornalismo. Jornalismo se faz com ética, fontes e suor. Nossa briga agora deveria ser por mais e melhores veículos de comunicação, mas estamos lutando é por emprego.
Mau momento para ser jornalista.


André Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário