Projetos

domingo, 10 de maio de 2015

Amor de mãe

O maior amor do mundo, um amor para sempre, que não pode ser medido e nem explicado, apenas sentido é assim que eu defino o sentimento de uma mãe pelo seu filho. E quando se vive esse amor o coração é imediatamente invadido por generosidade, tolerância, persistência, fé, esperança, renúncia e coragem. 
Por um filho uma mãe se diz capaz de fazer qualquer coisa.
Sente-se apta a buscar força e recursos não se sabe de onde para lutar pela felicidade e pelo bem-estar de sua cria.
Por um filho, se necessário, pode até adotar medidas extremas para vê-lo saudável e em segurança.
Assim fazem todas as mulheres mães biológicas ou de coração, que ao promover pequenas ou grandes batalhas, internas e externas, provam que o amor materno tem mesmo o poder de uma revolução.
Conheço histórias comoventes de mães que passaram momentos difíceis e nunca desanimaram.
O que fica de certeza é que esse sentimento merece dedicação. Das mães para os filhos e dos filhos para as mães.
Minha experiência como filha da dona Carmen, como mãe da Juliana, Marcelo e Felipe, como avó da Martina, Catharina e Marcela mostra que o amor é um ingrediente poderoso para a felicidade.
A minha mãe é meu porto seguro, meus filhos são meu maior projeto de vida, minhas três netas são minha  fonte de energia e alegria.

 

   













Nenhum comentário:

Postar um comentário