segunda-feira, 11 de abril de 2016

Muito obrigada!

Hoje a minha fala é de balanço, de fechamento e de novidades, pois cumpro o meu tempo de mandato possível nesta legislatura. Sou pré-candidata a vereadora e rumo às próximas eleições municipais seguindo daqui a minha caminhada política dentro das regras eleitorais.
Frente a esse futuro que está logo ali, passo a limpo as realizações e os planos que ainda estão por vir nesse caminho que escolhi de servir à população através de um mandato político.
Despeço-me do plenário como parlamentar, olhando para três anos e três meses de dedicação completa a Porto Alegre e a sua população.
Porém, estou muito feliz porque continuo na Câmara, pois fui honrada com o convite dos meus colegas vereadores progressistas de permanecer com eles, assumindo a nossa bancada. E agradeço, porque o meu vínculo pessoal com esta Casa é muito forte, desde o meu tempo de assessora e chefe de gabinete do vereador Pedro Américo Leal, onde estive por doze anos, passando pelo meu primeiro mandato, em 2005, e retornando em 2013.
Desde lá, considero esta a minha segunda casa, um lugar que conheço como a palma da minha mão, onde trabalham pessoas queridas com quem convivo a todo esse tempo e onde me orgulho de estar trabalhando e lutando pelo bem da cidade que tanto amo.
O trabalho nesta câmara é muito dinâmico, aqui nenhum dia é igual ao outro, a política nos surpreende a todo momento e isso imprime um ritmo diferenciado à nossa vida de parlamentar, que nos exige disponibilidade, comprometimento e atenção redobrados frente à importância da nossa função. Aqui compartilhamos com todo cidadão porto-alegrense, de quem recebemos a confiança do voto, este espaço democrático de debates, de comunicação direta, troca de ideias, discussão de problemas e encontro de soluções. 
Nesse período de convívio produtivo junto aos vereadores do meu partido, Guilherme Socias Villela, João Carlos Nedel e Kevin Krieger, trabalhei pela força e união da bancada progressista,/ primeiramente como vice-líder e depois como Líder do meu partido. Atuamos reforçando a base do governo, com muita parceria, sempre com o apoio jurídico de Lauro Balle e sua assessoria.
Com muito orgulho, fui integrante e vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana, a nossa Cedecondh, comissão com a qual me envolvi já no meu primeiro mandato, quando, através de proposta minha, foi inserida a Segurança como tema a ser discutido. Dentre as tantas e importantes demandas levadas à Cedecondh nessa área, esteve a denúncia que recebi, em 2013, sobre as péssimas condições de trabalho dos funcionários e de segurança devido a precariedade do prédio do Departamento de Criminalística do Instituto Geral de Perícias, o IGP. Era uma questão urgente para a área da segurança pública, tratando-se de um importante órgão que tem papel indispensável na elucidação dos crimes em nosso estado.
A pauta foi amplamente discutida e divulgada na imprensa. Realizamos visitas ao Departamento e nosso trabalho rendeu num dossiê completo entregue ao Ministério Público e ao Ministério Público do Trabalho, que resultou na interdição daquele local pela Prefeitura e numa série de medidas e mudanças que tiveram de ocorrer depois da visibilidade que demos aos graves problemas da instituição.
Como pontos fortes tratados pela Cedecondh, destaco também a realização do minisseminário voltado para a situação do idoso, e a publicação do Mapa da Segurança e Direitos Humanos de Porto Alegre, que teve como objetivo principal diagnosticar a violência na Capital.
Em 2006, sugeri ao executivo a ideia do serviço Disque-Pichação, implantado através da secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana. Nesta gestão dei prosseguimento a minha preocupação com o avanço dessa praga urbana e ao sonho de ver Porto Alegre livre das pichações apresentando Projeto de Lei complementar 09/2013, que se insere no primeiro parágrafo do Código de Posturas do município e trata de responsabilizar os infratores pelos danos causados ao patrimônio público e privado, com o reparo do vandalismo a ser feito pelo próprio pichador, através da limpeza do spray e posterior pintura.
Entre os Projetos de Lei de minha autoria protocolados e aprovados, todos na área da segurança preventiva, não podendo discorrer sobre todos, destaco o que proíbe a utilização de todo e qualquer tipo de fogo de artifício e artefatos explosivos em locais fechados no município de Porto Alegre e estabelece punições em caso de infração que vão de advertência até cassação de alvarás. O projeto teve aprovação unânime pelos vereadores e após seu percurso dentro do legislativo, foi sancionado pelo prefeito José Fortunati no dia 30 de agosto de 2013. Foi o meu sentimento de extrema tristeza e consternação pelas vítimas, e também de revolta, frente à causa da tragédia na Boate Kiss em Santa Maria que me fez protocolar o projeto imediatamente, no dia 28 de janeiro de 2013, um dia após o ocorrido, por entender que medidas urgentes de segurança deveriam ser tomadas aqui na Capital e como forma de contribuir para que fatos como o da Kiss não mais ocorressem.
Lembro das palavras do prefeito Fortunatti dizendo estar orgulhoso de sancionar uma lei que realmente chamava a atenção da sociedade e foi feita para a sociedade como um todo, numa proposta veio para construir uma nova mentalidade para Porto Alegre no quesito da segurança da população, do divertimento seguro e da convivência respeitosa e correta da coletividade eque identificava nele um projeto emblemático, considerando aqueles que contêm elementos que de fato trazem mudanças de comportamento, hábitos e costumes na população.
Ao todo, nesse mandato, apresentei trinta e dois projetos, sendo vinte aprovados e doze encontram-se em tramitação, entre eles o projeto que propõe a revogação da lei que alterou o nome da Avenida Castelo Branco para Avenida da Legalidade e Democracia.
 Olhando os relatórios do meu gabinete e o trabalho da minha equipe de assessores, me deparo com um número significativo de demandas recebidas, seja de forma presencial, por e-mail, telefone, pelo Facebook ou Twitter, encaminhadas e atendidas, certa de que exercer esse papel de intermediação entre o cidadão, as comunidades e a instâncias públicas muito constrói e completa o trabalho de um vereador.
Fora da Câmara, recordo os despaches com o prefeito José Fortunati e o vice-prefeito Sebastião Melo no Paço Municipal, palco de tantas decisões importantes para o nosso município, onde tratei questões do nosso legislativo a contribuir para o pleno êxito da administração municipal.
Foram muitas as agendas externas nas sedes do Partido Progressista Estadual e Municipal, nas secretarias e órgãos da prefeitura, do governo estadual, na Assembleia Legislativa, em representações da Câmara em solenidades e eventos importantes como a Expointer, o Acampamento Farroupilha e a participação em inúmeros programas de rádio e TV onde fui convidada a levar assuntos políticos e relativos à cidade, incluindo na nossa querida TV Câmara, ocasiões em posso unir duas grandes paixões, a política e o jornalismo.
Esse conjunto de coisas que pude esboçar, esse trânsito intenso que o trabalho legislativo exige, a vivacidade deste plenário de tantos debates e embates, esses anos de dedicação exclusiva a cidade de Porto Alegre, que é uma das minhas causas, para a qual me empenho com muita doação, são estímulos que me fazem ver que a caminhada vale a pena e que eu ainda tenho muito a contribuir.
Agradeço o constante apoio da Presidência, das diretorias desta Casa, de todos os setores que auxiliam e sustentam o nosso trabalho, às vereadoras e vereadores de todos os partidos com quem compartilhei da vida política nesse tempo, na busca pela melhoria e pelo crescimento do nosso município. Agradeço a confiança do governo Fortunatti/ Mello dada a mim e à bancada do PP; agradeço aos meus colegas Villela, Kevin e Nedel e a seus assessores, pois somos como um só grande gabinete em constante cooperação, onde faço um registro aos nomes do Sérgio e da Ana Cristina, assessores do Villela, que estiveram prontos e disponíveis num momento extremamente necessário.
Ao amigo João Antonio Dib, nosso conselheiro presente de todas as horas, e , por fim, à minha equipe de trabalho incansável e eficiente, que conclui esta etapa junto comigo: Cíntia, Antônio, Pedro, Guga, Carla e Fernando, além do Lauro e da Rosane nos apoiando pela Bancada.
Só tenho a desejar uma excelente continuidade ao trabalho de todos vocês vereadores da minha “Leal e Valorosa Porto Alegre”, certa de que farão o melhor, sempre priorizando o bem estar da população e a boa política.

Com a minha bancada




Nenhum comentário:

Postar um comentário