Projetos

sábado, 19 de maio de 2018

Voltando a Rosário do Sul

Nesta sexta-feira chuvosa de maio, peguei a estrada rumo a Rosário do Sul. Havia ido lá pela última vez em 2010 e já estava na hora de voltar. Fui especialmente para atender a um convite muito especial que me fizeram o presidente e o coordenador da Associação das Pessoas com Deficiência de Rosário, Giovani Torres e Marco Retegue
Mas, a primeira agenda na cidade foi para uma entrevista no jornal A Gazeta de Rosário. Estive com a jornalista Larissa Hummel. Visitei a redação e conversei com colegas jornalistas. Me chamou atenção que da janela da sala deles vemos bem de perto uma árvore enorme em que os passarinhos pousam e fazem uma sinfonia linda para os ouvidos. Eu ia gostar de trabalhar nessa redação. 
Também visitei a Câmara de Vereadores, onde fui recebida pelo presidente Elisandro Paz, que é meu colega de partido, e a reunião foi super produtiva.
Na Associação pude conhecer de perto a instituição e saber dos anseios e necessidades daquele espaço de solidariedade e generosidade no cuidado com seres humanos tão especiais, que precisam de apoio e estímulos constantes e tratamentos adequados.
Depois dali, fui visitar a tia de um amigo querido, a tia Arlete, e me encantei com a capelinha de pedra que ela tem no jardim. Eu, que sou uma pessoa de muita fé, que uso sempre a minha medalhinha de Nossa Senhora das Graças,  conheço os milagres de Fátima e sei que ela tem muita força, por isso, dediquei um minutinho a ela, pedindo que também me ilumine. A fiel escudeira da Tia Arlete é a Maria. Ela tinha escutado a minha participação numa rádio da cidade no dia anterior e queria muito me conhecer. Quando fomos apresentadas, recebi dela um abraço gostoso.
Fomos super bem recebidos pelo povo de Rosário. Finalizei a visita caminhando pelas ruas dessa cidade que é sempre muito acolhedora.

















Nenhum comentário:

Postar um comentário